Sobre este Site

Este site tem o objetivo de divulgar a relevância histórica das ruínas da Praia do Sahy, situadas no Município de Mangaratiba, Rio de Janeiro, Brasil e  os esforços para a criação do Parque Arqueológico da Praia do Sahy. 

A importância do complexo do Sahy no triste período da diáspora africana e do tráfico negreiro no ciclo cafeeiro ainda é desconhecido para a sociedade.  É essencial construir a consciência social contra a discriminação racial e todas as formas de opressão. O Parque do Sahy e o Centro de Memória da Escravidão e contra a Discriminação têm um sério papel a desempenhar nesta missão.

Este site é de responsabilidade do CENACOC – Centro de Ação e Comunicação Comunitários, AMASAHY – Associação de Moradores e Amigos do Vale do Rio Sahy e do IPDH – Instituto Palmares de Direitos Humanos.

Responses

  1. Bruno. Acho que agora começamos bem. O importante é iniciar o processo de reconstituição e tornar as ruinas históricas do Sahy conhecidas de todo mundo pois o acervo arqueológico é importantíssimo para a desvendagem da historiografia do município de mangaratiba.
    Parabens – Abraço – Oduvaldo.

  2. é uma pena que essas ruinas está sendo local para banhistas fazerem pique-niques ,tem pixações e estão acabando com esse patrimônio,muitos não sabem a importancia desse lugar pra memória do nosso estado,sempre que vou visitar essas ruinas vejo o abandono,deveria ter um guarda uma placa indicando o valor histórico do local.

  3. Adriana, justamente por isto estamos buscando a criação do Parque. Somente desta forma poderemos garantir a preservação da memória histórica, garantir a integridade das ruínas e orientar os visitantes.

    Na verdade, cabe ao Poder Público e à Sociedade garantir que este patrimônio não se perca.

    Obrigado por sua colaboração.

    Bruno Linhares

  4. faço história na estácio de sá ,e escolhi esse local pra fazer um trabalho,pois amo esse lugar,sábado agora estarei lá para fotografar e estou aqui reunindo mais informações pra esse trabalho,tomara logo que as autoridades façam logo esse parque antes que seja tarde!
    obrigada bruno.

  5. Adriana,

    Se você precisar de alguma coisa para o trabalho é só falar. Tem um livro que escrevi sobre a História do Vale do Rio Sahy que posso te enviar (ainda não está publicado, mas eu te mando uma cópia) e também se você precisar de algum apoio local, temos o Administrador do Distrito assim como o Presidente da Associação de Moradores que teria o maior prazer em te ajudar. Se quiser algum apoio para uma visita nos dias de semana, posso ajudar no contato com algum dos dois. Também gostaria de publicar neste blog o teu trabalho ou pelo menos um resumo dele.

    qq coisa, basta me enviar um email (lbrunolinhares@hotmail.com).

  6. Parabéns pela Iniciativa. Vamos preservar a história de nossa cidade.

    • Obrigado, Luiz Pedro. Contamos com seu apoio, divulgando o blog.

  7. Bruno, nesse mês de janeiro, um grupo da UFF já começou o processo de pesquisa e espera a autorização do IPHAN p escavação do sítio arqueológico. Eu mesma participei dessa pesquisa. Finalizamos uma parte agora e em julho retomaremos ( assim espero).Espero tb q o IPHAN não demore c os trâmites e libere a escavação p q o parque seja protegido. Abraços.

    • Brunna,

      Ótima notícias. Estava já perdendo a esperança de que o projeto andasse por seus próprios pés. Conversei na época com o pessoal do IPHAN e da Prefeitura de Mangaratiba e soube que havia a intenção de iniciar o trabalho de pesquisa de campo.

      Pode contar com nosso apoio (da AMASAHY), caso precisem de alguma questão local. Meu e-mail é lbrunolinhares@hotmail.com.

      Abs,

      Bruno Linhares


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: